Decreto libera abertura das lojas em horário normal

Ponta Grossa

19 de outubro de 2020 20:51

Fernando Rogala


Relacionadas

Comércio de PG amplia as vendas em setembro

Indefinição impede acerto do horário especial de Natal

Pesquisadores da UEPG entre os melhores do mundo

Barbearia Santiago inova e amplia a oferta de serviços
Rede São Camilo arrecada alimentos no 'Natal Solidário'
Empresária da 'Car'la Wash' recebe prêmio da Fecomércio
Click Odontologia inicia plantão de atendimento aos sábados
Lojas do comércio de rua poderão voltar a abrir das 9h às 19 horas em Ponta Grossa Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Restrições de abertura ao comércio foram suspensas pelo município. Lojas e shoppings voltam a abrir normalmente 


A partir desta terça-feira, dia 20 de outubro, as lojas do comércio de Ponta Grossa poderão voltar a atender em horário normal, como ocorria antes do período da pandemia. Com a chegada do coronavírus, decretos municipais regulamentaram o funcionamento das lojas, sendo o primeiro deles em março, que estabeleceu a suspensão das atividades comerciais a partir do dia 23 de março. Desde então, foram diferentes decretos, restringindo o funcionamento por esse período de quase sete meses, e agora o novo decreto, publicado na noite desta segunda-feira (19), traz ânimo aos comerciantes.

Até esta segunda, o decreto em vigor era o de n° 17.663, desde 25 de agosto, que permitia a abertura, de segunda a sábado, das 10h às 18h, as lojas de vestuário e artigos pessoais; das 11h às 19h para lojas de eletrônicos e utilidades domésticas; e demais atividades não especificadas das 9h às 17h. Lojas dos shoppings centers estavam abrindo das 12h às 20h; e praças de alimentação das 11h30 às 20h. Agora, com a suspensão das restrições, o que passa a valer é o mesmo praticado antes da pandemia, ou seja, todas as lojas do comércio de rua, por exemplo, poderão abrir das 9h às 19 horas; e as lojas de shoppings das 10h às 22 horas de segunda a sábado; e das 14h às 20 horas nos domingos.

A medida traz um alívio aos comerciantes, informa o secretário municipal de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional, José Loureiro, que também preside o Sindicado do Comércio Varejista (Sindilojas). “Muitos comerciantes comemoraram o fim das restrições”, informa. “Isso é importante porque não vai mais dividir o cliente. Antes confundia, saíam de manhã e pela tarde, mas agora vão ter mais tempo para comprar, o que também difunde mais o fluxo durante o dia”, completa, lembrando que todas as medidas com os cuidados, como uso de máscaras, álcool em gel, distanciamento, serão mantidas.


Medidas restritivas duraram quase sete meses na cidade

O comércio ficou fechado em Ponta Grossa por duas semanas. Entre os dias 23 de março e 5 de abril, apenas poderiam abrir os serviços essenciais, como postos de combustíveis, farmácias, mercados, padarias, entre outros. A partir de 6 de abril, houve o funcionamento escalonado, das 10h às 16 horas, conforme o setor de atuação (lojas de eletrodomésticos e utilidades, por exemplo, poderiam abrir entre segunda e quinta-feira; de vestuários e artigos pessoais, nas terças e sextas). Já no dia 28 de abril, saiu a regulamentação da abertura de galerias comerciais. Depois, houve a liberação para atendimento em horário agendado, para as lojas dos diversos setores. Só em agosto houve a liberação para a abertura das lojas todos os dias, porém com o escalonamento de horário, conforme o setor.

PUBLICIDADE

Recomendados