Viaduto na Vila Margarida deve custar mais de R$ 13 milhões

Ponta Grossa

21 de outubro de 2020 22:30

Afonso Verner


Relacionadas

UEPG faz nota de pesar ao falecimento da professora

Elizabeth quer executar principais promessas já a partir de janeiro

"O nosso trabalho vai continuar”, diz Mabel Canto

PG teve uma das vitórias mais ‘apertadas’ do Brasil no 2º turno
PG confirma oito novos óbitos pela Covid-19
Reitor da UEPG parabeniza Elizabeth Schmidt pela eleição
Elizabeth convida Claudio Grokoviski para ser secretário de Fazenda
Prefeito Marcelo Rangel revelou nessa terça-feira (20) que já está pronto o projeto que prevê ligação entre a Vila Margarida e Parque Nossa Senhora das Graças Foto: Cristiano Barbosa
PUBLICIDADE

Prefeito Marcelo Rangel revelou nessa terça-feira (20) que já está pronto o projeto que prevê ligação entre a Vila Margarida e Parque Nossa Senhora das Graças

O projeto que prevê a ligação entre a Vila Margarida e o Parque Nossa Senhora das Graças, em Ponta Grossa, já está concluído e pronto para ser entregue ao governo do Estado. A informação foi confirmada pelo prefeito Marcelo Rangel (PSDB) durante seu programa de rádio nesta terça-feira (20). A obra deve custar mais de R$ 13 milhões e só será possível com recursos do governo do Paraná, segundo o gestor municipal.

“É a construção de um viaduto que vai passar sobre a linha férrea, é uma obra gigante que vai custar entre 13 e 14 milhões de reais, então é uma obra que só se consegue fazer através do Estado”, explica o prefeito. Ele garante que o projeto técnico já está pronto e deve ser entregue ao secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, nos próximos dias, para que os estudos técnicos sejam feitos também pela pasta liderada pelo ponta-grossense.

A obra vai ligar a Avenida Anita Garibaldi com a Avenida Antônio Saad, possibilitando que os moradores do Parque Nossa Senhora das Graças tenham condições de chegar ao centro da cidade com mais agilidade e enfrentando trânsito menor. “Quero que o Sandro analise com carinho esse projeto, e também vou pedir com carinho ao governador porque esse valor precisa entrar no orçamento do governo do Estado”, complementa o gestor.

Sandro Alex, que também participou do programa, mostrou-se otimista com a disponibilização de recursos por parte do governador Ratinho Junior. “Ele [governador] sempre diz: quem tem projeto, tem obra. Então, sabemos que quem trabalha e persiste no projeto, um dia vai conseguir os recursos”, avalia.

PUBLICIDADE

Recomendados